Com o dever de fazer melhor que o Egipto e Marrocos, neste início do Campeonato do Mundo de futebol, que decorre na Rússia, a Nigéria defronta sábado a Croácia, em jogo de estreia do grupo D.

Após estreias com derrotas, nas respectivas rondas inaugurais, Egipto/Uruguai 0-1 para o grupo A e Marrocos/Irão 0-1 para o grupo B, As Super Águias tentarão a primeira vitória dos africanos neste evento global.

Liderada pelo técnico alemão Gernot Rohr, os africanos apresentam-se na Rússia com uma mescla de jovens e atletas experientes, capitaneados por Obi Mikel.

Na sua sexta presença em fases finais da maior festa do futebol, atingiram os oitavos-de-final na sua primeira participação, nos EUA em 1994, igual resultado obtido nas edições de França (1998) e Brasil (2014).

No entanto, em 2002 (Japão e Coreia do Sul) e 2010 (África do Sul) não passaram da fase de grupos.

O conjunto é constituído por:

Guarda-redes: Daniel Akpeyi (Chippa United-AFS), Ikechukwu Ezenwa (Enyimba), Francis Uzoho (Deportivo Fabril-Espanha).

Defesas: Chidozie Awaziem (Nantes-França), Leon Balogun (Mainz-Alemanha), Tyronne Ebuehi (ADO Den Haag-Holanda), Elderson Echiejiole (Cercle Brugge-Bélgica), Brian Idowu (Amkar Perm-Rússia), Kenneth Omeruo (Kasimpasa-Turquia), Abdullahi Shehu e William Ekong Troost (Bursaspor-Turquia).

Médios: Oghenekaro Etebo (Las Palmas-Espanha), John Obi Mikel (Tianjin Teda-China), Wilfred Ndidi (Leicester City-Inglaterra), Joel Obi (Torino-Itália), John Ogu (Hapoel Be’er Sheva-Islânda), Ogenyi Onazi (Trabzonspor-Turquia).

Avançados: Odion Ighalo (Changchun Yatai-China), Kelechi Iheanacho (Leicester City-Inglaterra), Alex Iwobi (Arsenal-Inglaterra), Victor Moses (Chelsea-Inglaterra), Ahmed Musa (CSKA -Rúsia), Simeon Nwankwo (Crotone-Itália).

 Já a Croácia qualificou-se para o evento por via da repescagem. Ainda durante as Eliminatórias, o treinador Ante Cacic foi demitido e o conjunto croata passou a ser comandado por Zlato Dalic, na procura da inversão do quadro da última edição quando não passou da fase de grupos.

Convocados:

Guarda-redes: Subasic (Monaco-França), Kalinic (Gent-Bélgica), Livakovic (Dínamo Zagreb-Croácia)

Defesas: Vedran Corluka (Lokomotiv de Moscovo), Vida (Besiktas-Turquia), Strini? (Sampdoria-Itália), Lovren (Liverpool-Inglaterra), Vrsaljko (Atlético de Madrid), Pivari? (Dynamo Kiev-Ucránia), Jedvaj (Bayer Leverkusen-Alemanha), Mitrovic (Brugge-Bélgica) e Caleta-Car (RB Salzburg)

Meio campo: Modric e Kovacic (Real Madrid-Espanha), Rakitic (Barcelona-Espanha), Badelj (Fiorentina-Itália), Brozovi? (Internazionale-Itália), Filip Bradaric (Rijeka)

Atacantes: Mandzukic (Juventus-Itália), Perisic (Internazionale-Itália), Kalinic (Milan-Itália), Kramaric (Hoffenheim-Alemanha), Pjaca (Schalke-Alemanha), Rebic (Eintracht Frankfurt-Alemanha)