Segundo a imprensa internacional, o artista está a enfrentar um novo processo. Chris Brown está a ser acusado de ter permitido que uma mulher fosse violada durante uma festa, estando a enfrentar um novo processo.

O caso terá acontecido em fevereiro do ano passado, como afirmou Gloria Allred, a advogada da alegada vítima cujo o nome não foi desvendado. Ao que se consta, a festa decorreu na casa do artista e deram drogas e bebidas alcoólicas às convidadas do sexo feminino.

De acordo com os documentos obtidos pelo The Blast, a dada altura todos os convidados estavam num dos quartos, onde Chris ordenou a uma amiga que “empurrasse um sofá contra à porta do quatro” para impedir que alguém saísse.

Entretanto, começou a dar pornografia na televisão, antes do artista tirar a roupa e envolver-se sexualmente com as mulheres que estavam naquela divisão.

A vítima recusou-se a tirar a roupa e não se queria envolver nas atividades sexuais, mas não a deixaram sair do quarto. Nos documentos alegam que outra mulher agarrou a vítima pela pescoço e forçou-a a fazer sexo oral, enquanto que era violada ao mesmo tempo.