O Banco BAI foi distinguido pela 5ª vez com o prémio de “Melhor Banco em Angola”, pela Euromoney, uma prestigiada revista internacional de informação financeira, na gala do Prémio de Excelência Euromoney, realizada em Londres, na última semana.

O esforço contínuo na melhoria dos produtos e serviços, a solidez e robustez institucional, a procura constante de inovação, o apoio firme ao sector empresarial nacional, às famílias e ao Estado são factores fundamentais no reconhecimento e prestígio da maior instituição financeira angolana.

A Euromoney destaca que em 2017 o BAI alcançou o resultado líquido de AKz 55 mil milhões, tendo mantido a sua posição de maior Banco em activos líquidos de Angola e atingido um Rácio de Solvabilidade de acima de 19% do mínimo exigido por lei (10%), tornando-se um dos maiores Bancos da África Subsaariana, excluindo a África do Sul.

O maior banco comercial angolano que também está presente em Portugal e Cabo-verde é um importante parceiro do Estado angolano, tendo sido distinguido com um Leão de Ouro, na categoria de Banca e Serviços Financeiros, da 34ª edição da 2018 da Feira Internacional de Luanda (FILDA), realizada de 10 a 14 deste mês.

Administrado pelos editores da Euromoney, o Prémio de Melhor Banco, reconheceu bancos em mais de 100 países, em todas as regiões nas 20 categorias globais.

O Comité de avaliação recebeu cerca de 1.500 inscrições, tendo entrevistado cerca de 1.000 banqueiros, num processo intenso que durou quatro meses.  A gala de premiação realizada no London Hilton, em Park Lane, contou com a participação de cerca de 700 banqueiros de todo o mundo.

Fundada em 1969 por Sir Patrick Sergent, a revista Euromoney é o título mais prestigiado da empresa de informação financeira londrina, Euromoney Institutional Investor PLC, sendo a voz autorizada dos mercados de capitais internacionais. A publicação tem um impacto muito forte e uma cobertura alargada dos mercados de obrigações, acções e operações cambiais, estando cotada na bolsa de Londres.